quarta-feira, 23 de julho de 2014

Pastor goiano é preso com S-10 roubada na BR-060


Pastor goiano é preso com S-10 roubado no dia 6 em Goiânia

Pastor de 31 anos é preso com caminhonete roubada em Goiânia nesta terça-feira (22), na BR-060 em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande.

A Polícia Rodoviária Federal durante abordagem em uma S-10, placas de Goiânia (GO), constatou que a caminhonete tinha uma ocorrência de roubo no dia 6 na capital goiana.

O motorista, que se apresentou pastor, sua mulher de 37 anos e um carpinteiro de 40 anos, ambos passageiros, foram presos. O condutor contou aos policiais que estava levando o carro até Nioaque (MS) para distribuir cestas básicas.

A PRF encontrou no interior da caminhonete apenas três sacos de batatas e óleo de cozinha. Ao ser questionado, o pastor confessou que estava levando a S-10 até Bela Vista (MS). Eles foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia.

Midiamax

Padre Rodrigo Maria detona o PT, a CNBB e os católicos que votam em Socialistas/Comunistas

Trecho do hangout do Padre Rodrigo Maria com a Denise Abreu que aconteceu Domingo, dia 13/07 em que ele detona o PT, a CNBB e os católicos que votam em partidos Socialistas/Comunistas.



Assista abaixo a entrevista na íntegra







terça-feira, 22 de julho de 2014

IURD é condenada a pagar mais de meio milhão em danos morais




A Justiça do Trabalho condenou a Igreja Universal do Reino de Deus ao pagamento de danos morais no valor de R$ 555 mil, além de anotações na carteira de trabalho e pagamento de verbas trabalhistas ao vigilante João Pereira de Aguiar, que trabalhou por mais de 8 anos sem os devidos registros.

A decisão é da 2ª Vara do Trabalho de Porto Velho, publicada na terça-feira dia 15 de julho.

Depois de trabalhar por cerca de 8 anos para a reclamada, sem que houvesse o registro em carteira, nem pagas as férias e 13ª Salários de alguns anos, o vigilante recorreu à Justiça para ver seus direitos reconhecidos.

Além dos danos morais, a Igreja Universal do Reino de Deus ainda foi condenada a pagar férias integrais do período aquisitivo de 2008/2009, de 2009/2010, 2010/2011, 2011/2012 com o terço constitucional, em dobro; férias proporcionais de 2013 ( 9/12) e terço constitucional; 13º salários de 2009, 2010, 2011, 2012; 13º proporcional de 2013; Aviso Prévio indenizado; FGTS + multa de 40%; descanso semanal remunerado do período não prescrito; multas dos artigos 467 e 477 da CLT e adicional noturno por todo o contrato de trabalho, com os reflexos em aviso prévio, férias e terço legal, 13º, DSR, FGTS e multa de 40%.

A sentença declara que referente ao pacto laboral, o início da prestação de serviços e que deverá ser anotada foi em 01.08.2005 e demissão em 30.09.2013, por não ter a reclamada impugnado esta data e ter o preposto confessado em depoimento pessoal não saber a data da prestação dos serviços. Em relação à função exercida pelo trabalho, é de vigilante.

O juiz do trabalho substituto Carlos Antônio Chagas Junior, que responde pela titularidade da 2ª Vara do Trabalho de Porto Velho, condenou a reclamada, ainda, ao pagamento de custas processuais no importe de R$12.551,81, calculadas sobre o valor provisório arbitrado em R$ 627.590,82.

Danos Morais

Em audiência o reclamante alegou que a Reclamada sempre explorou a mão de obra de policiais militares e outros agentes públicos para se esquivar de pagar encargos previdenciários e tributários. O autor da reclamação, na necessidade de aumentar a renda para garantir o bem estar de sua família acabou tendo que submeter a exploração da reclamada, não recebendo nada além das diárias pelos plantões, sem receber durante todo o contrato de trabalho suas férias, 13º salário e sequer ter os intervalos para descanso e folgas respeitadas. Alega ainda que teria trabalhado sempre sofrendo a subordinação rígida e controladora da reclamada, que lhe impunha penalidades caso não cumprisse com os plantões na hora desejada. No entanto, na hora da rescisão do contrato de trabalho, não recebeu nenhum valor além dos plantões que realizou no ultimo mês, deixando o Reclamante totalmente desamparado. Afirma que por tais motivos, requer a condenação da reclamada em danos morais, conclui a sentença.

Fraude Trabalhista

Embora o representante da igreja - reclamada tenha contestado o pedido afirmando que o mero descumprimento dos direitos trabalhistas não são passíveis de gerar dano moral, bem como não teria cometido qualquer conduta ilícita vez que o reclamante não era empregado, o magistrado considerou em sua decisão que “o mero descumprimento de obrigação trabalhista não é passível de gerar dano moral, contudo fato diverso ocorre no presente caso. Acima foi reconhecida a fraude na contratação trabalhista e restou caracterizado o vínculo empregatício”.

A relação contratual deu-se por 8 anos, sem que o trabalhador tivesse direito a qualquer proteção trabalhista, configurando a conduta da reclamada em verdadeira afronta à dignidade do trabalhador, que não pode gozar de descansos, remunerados, férias e outras questões trabalhistas equiparando a situação do obreiro à análoga a de escravo, ainda que sem a limitação do direito de ir e vir, que configuraria o ilícito penal. Assim praticou a reclamada ato ilícito ao não reconhecer o vínculo empregatício.”

A reclamada deverá cumprir espontaneamente a decisão no prazo de 10 dias, do trânsito em julgado da ação, independentemente de intimação, sob pena de multa de 10% sobre o valor da condenação, registra o juiz.

Para efeito de comprovação das contribuições previdenciárias decorrentes decisão e exibição da respectiva GFIP a reclamada tem o prazo de 30 dias do trânsito em julgado, sob pena de multa diária de R$100,00, até o efetivo cumprimento da obrigação, a ser revertida em favor de entidade beneficente. A decisão da 2ª Vara do Trabalho de Porto Velho é passível de recurso.

Processo nº 0010070-70.2014.5.14.0002


Fonte: Rondonoticias

segunda-feira, 21 de julho de 2014

O DECRETO GOLPISTA DE DILMA

ENTENDA MELHOR O DECRETO Nº 8243, FIRMADO RECENTEMENTE PELA PRESIDENTE DILMA E QUAIS SÃO SEUS PERIGOS PARA O BRASIL!




sexta-feira, 18 de julho de 2014

Bombardeios na Faixa de Gaza: Pároco argentino decide ficar com os seus fiéis



“Os crimes estão aumentando. As crianças pequenas começam a adoecer pelo medo, o estresse, as ondas de choque, o barulho contínuo. Os pais fazem todo o possível para distrai-los para que esta violência não os aflija”, relata o sacerdote argentino Pe. Jorge Hernández, pároco da Sagrada Família, na Faixa de Gaza, que assinalou que permanecerá junto com os seus fiéis apesar de três mísseis terem caído ontem perto de sua paróquia.

Faz uns dias, as Irmãs da Madre Teresa com 28 crianças deficientes e nove idosas sob seu cuidado se refugiaram na paróquia porque a consideravam um lugar mais seguro. Todas elas permanecerão em Gaza, junto com o padre Hernández.

A trégua de cinco horas, proclamada para permitir a entrada de ajuda humanitária à Faixa de Gaza deveria permitir a evacuação da zona de umas poucas centenas de pessoas.

As que receberam a indicação de deixar suas casas na Faixa de Gaza são as três argentinas, religiosas do Instituto do Verbo Encarnado que também trabalhavam na paróquia católica.

O Patriarcado Latino de Jerusalém iniciou na paróquia uma adoração eucarística permanente e hoje será celebrada uma Missa “para implorar o perdão, a justiça e a paz para todos”.

O sacerdote argentino, pertencente ao Instituto do Verbo Encarnado (IVE) enviou seu testemunho que foi publicado pelo site do IVE sobre estes dramáticos dias em Gaza:

“Hoje, domingo, pudemos celebrar a Santa Missa, graças a Deus, com a presença, além de sete religiosas, de cinco homens corajosos. Foi algo muito edificante devido às circunstâncias.

Acho que ontem foi, até agora, o pior dia desta guerra. Os foguetes não param de sair daqui. Já são várias as cidades afetadas perto de Tel Aviv e Jerusalém.

E, é claro, a resposta não se faz esperar. A continuidade e intensidade dos bombardeios aéreos, terrestres e marítimos é algo difícil de acreditar.

Israel já disparou contra mais de 1300 alvos no território palestino. O número de mortos incluindo mulheres e crianças já passa de 150 e estima-se que 1000 pessoas entre civis e militares estão entre os feridos”.

acidigital

Já faz 5 anos que Asia Bibi está sofrendo em uma prisão no Paquistão



O presidente da organização defensora da liberdade religiosa, HazteOír, visitou recentemente a família de Asia Bibi no Paquistão para saber sobre os últimos avanços no caso desta católica que está presa há 5 anos por um crime que não cometeu contra a ‘lei anti-blasfêmia’ vigente no país.

“Estivemos alguns dias reunidos com o marido de Asia Bibi e com suas duas filhas pequenas. Contaram-nos que a visitam uma vez ao mês porque a prisão está a oito horas de ônibus de Lahore (Paquistão) que é onde vive a sua família”, precisa Arsuaga em uma entrevista concedida ao Grupo ACI.

“Contaram-nos que está bem de saúde e que mantém a esperança de sair algum dia e reunir-se com sua família. Continua firme em sua fé em Jesus Cristo e suportando o calvário que é viver separada de sua família”, assegura o porta-voz do HO, organização que vem reivindicando a libertação do Bibi desde o primeiro momento de sua prisão.

Atualmente HO está colaborando com a família de Asia Bibi na compra de roupa e comida que levam à prisão. “Ela faz a sua própria comida para não correr o risco de ser envenenada. Também ajudamos a pagar os advogados. A maioria deles são muçulmanos embora também haja algum cristão, mas todos coincidem em que Asia Bibi é inocente e que jamais blasfemou contra o profeta Maomé”.

Conforme explica Arsuaga, os advogados defensores de Asia Bibi afirmam que as testemunhas que asseguram ter ouvido a blasfêmia se contradizem. “Se não realizam o julgamento é porque os juízes têm medo e apresentam qualquer desculpa. Na última vez o juiz alegou que havia quebrado um encanamento na sua casa e por isso não pôde comparecer à audiência de Asia Bibi. Se está atrasando tanto é porque os juízes têm medo de dar uma sentença que revogue a condenação porque isso suporia colocar a sua própria vida em perigo porque os radicais muçulmanos não aceitariam tal sentença”, afirma.

Entretanto Arsuaga afirma que não perde a esperança de que libertem a Asia Bibi: “Os advogados asseguram que é um caso que deveria ser ganho, pediram-nos que continuássemos enviando mensagens ao governo do Paquistão para que a libertem, que o governo continuasse recebendo pressões de todas as partes do mundo para que não executassem a condenação. Especialmente através da Comissão de Direitos Humanos da ONU através do Ministério de Assuntos Exteriores”.

Sua família pediu que continuem rezando por ela para que possa sair o mais rápido possível.

Dos dias que a delegação do HO passou no Paquistão, Ignacio Arsuaga destaca o impacto que lhe causou ver como os cristãos de lá vivem. “Visitamos vários bairros, que eles chamam ‘ghettos’, mas que não tem a conotação negativa que na Espanha se entende com essa palavra. As casas são extremamente pobres, porque os bairros ricos em Lahore são onde vivem os muçulmanos. Lá os cristãos são a última casta e dentre eles, os últimos são os católicos. Porque as classes sociais são regidas pela religião”, explica o presidente do HO.

Nesse sentido Arsuaga recordou o grande testemunho que os cristãos estão dando em países como o Paquistão onde são minoria. “St. Joseph Colony que é um bairro muito pequeno que foi queimado há pouco mais de um ano por um grupo de muçulmanos, agora está reconstruído e nas portas das casas os cristãos puseram uma cruz para que se identifique sem problemas suas casas como cristãs. Dão um testemunho de fé impressionante e se vê que têm uma fé muito mais forte que a que vivemos no Ocidente”.

Em junho de 2009, Asia Bibi trabalhava como operária em Sheikhupura, perto de Lahore, Paquistão. Em uma ocasião lhe pediram que fosse buscar água potável para as suas companheiras. Algumas das trabalhadoras –todas muçulmanas– se negaram a beber a água por considerá-la "impura" por que foi provida por uma cristã.

Um dia mais tarde, Asia foi atacada por uma turfa e levada a uma delegacia de polícia “para a sua segurança”, onde foi acusada de blasfêmia contra Maomé. Desde a sua prisão denunciou ser perseguida por causa de sua fé e negou ter proferido insulto algum contra o Islã.

Depois disso, pelo menos duas pessoas foram assassinadas por defender a inocência de Asia Bibi no Paquistão, primeiro o governador de Punjab, Salman Taseer, às mãos de seu próprio guarda de segurança e Shahbaz Bhatti. Bhatti foi homenageado com um dos prêmios Hazteoir.org em 2012, a título póstumo. Asia Bibi foi homenageada na edição de 2012.

Em um vídeo gravado no bairro de São José de Lahore, o presidente da associação HazteOir.org, Ignacio Arsuaga, que promove a organização cidadã MásLibres.org, pediu que o direito dos crentes de qualquer confissão de manifestar e praticar sua fé seja respeitado neste país.

acidigital

Escolinha da Universal

É de cedo que se começa, diz o ditado.

Esse ai então resolveu por em prática as técnicas manipulativas neopentecostais de indução ao transe.

O garoto tem futuro...

... vai ser o orgulho do titio Edir...


quinta-feira, 17 de julho de 2014

Maranata:Justiça do ES mantém denúncia contra membros

Presbitério da Igreja Cristã Maranata foi interditado judicialmente, diz polícia (Foto: Leandro Nossa / G1 ES)

Decisão foi por unanimidade de votos, nesta quarta-feira (16).
Segundo MP-ES, cúpula de igreja integra organização criminosa.

O Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES) decidiu manter a denúncia feita pelo Ministério Público Estadual (MP-ES) contra mais de 20 pessoas ligadas à cúpula da Igreja Cristã Maranata. A decisão foi por unanimidade de votos, em sessão ordinária realizada na tarde desta quarta-feira (16). De acordo com o MP-ES, os membros da cúpula da igreja integram uma organização criminosa.


A denúncia do órgão aponta que os investigados se aproveitaram “da imunidade tributária aos templos de qualquer culto para ludibriarem fiéis e devotos mediante variadas fraudes visando desviar numerários oferecidos para finalidades ligadas à Igreja em proveito próprio e de terceiros, pessoas físicas e jurídicas vinculadas à quadrilha".

Segundo os autos, relatos apontam que doações, dízimo e contribuições oferecidos à Igreja Maranata eram utilizados por determinados membros para investimento em bens e vantagens particulares. Também consta no procedimento investigatório que houve um déficit significativo ao patrimônio da igreja, sendo alcançada a cifra de R$ 24.823.688,19.

Para o relator do Habeas Corpus, desembargador substituto Fernando Estevam Bravin Ruy, "a decisão de recebimento da denúncia encontra-se devidamente fundamentada, com alusão concreta aos fatos narrados na denúncia".


Até as 10h desta quinta-feira (17), o G1 não havia estabelecido contato com o advogado dos membros da Igreja Cristã Maranata.

G1

Fundação AIS recolhe, em 2013, cerca de 88 milhões de euros para 5.420 projetos em 140 países



Foi o segundo melhor resultado da história da Fundação AIS a nível internacional.

Apesar da crise econômica que se abateu sobre tantos países, incluindo Portugal, foram recolhidos 88,3 milhões de euros que permitiram apoiar 5.420 projectos em 140 países.

Comentando estes valores alcançados, a responsável internacional pelo Departamento de Projectos, Regina Lynch, não teve dúvidas em classificá-lo de “um verdadeiro milagre, se considerarmos o difícil momento económico em que nos encontramos”.

A ajuda que resultou da generosidade dos amigos e benfeitores da Fundação AIS dirigiu-se particularmente para os países onde a Igreja Católica está a viver tempos mais conturbados, sendo que cerca de um terço desta verba foi canalizada para países do Médio Oriente.

Em relação a 2012, as ajudas de emergência mais do que duplicaram por causa do conflito na Síria. “A nossa prioridade na região do Médio Oriente centra-se nos mais de 2,5 milhões de refugiados sírios e nos mais de 7 milhões de deslocados em consequência directa da guerra civil que está a destruir este país”, explicou o Padre Andrzej Halemba, responsável da AIS para o Médio Oriente, comentando também o resultado do trabalho dos diversos secretariados da Fundação AIS no mundo.

O Pe. Halemba acrescentou que “a Igreja tem-se revelado como a única instituição em que os refugiados podem confiar e o seu único ponto de referência”.

Desde o início da crise síria que a Fundação AIS já disponibilizou mais de 3,5 milhões de euros para projectos relacionados com os deslocados neste país e com refugiados na Jordânia, Líbano e Turquia.

O Egipto, outro país objecto também de uma atenção especial por parte da Fundação AIS, atravessou um ano de 2013 particularmente difícil com uma violência extrema contra a comunidade cristã e as suas igrejas, tendo sido canalizada uma ajuda especial de 30 mil euros.

China, Paquistão, Cuba, Sudão, Sudão do Sul, Nigéria e República Centro-Africana foram ainda outras nações que mereceram uma atenção especial por parte da Fundação AIS. “Há muitos lugares onde os Cristãos são obrigados a esconder-se ou onde todos os seus movimentos são controlados e também há lugares onde a igreja não pode receber apoios económicos do estrangeiro, o que impede a sua presença”, sintetiza Regina Lynch.

Em termos globais, as ajudas fornecidas pela Fundação AIS distribuíram-se da seguinte forma: projectos de construção 37%; intenções de Missa 17,6 %; formação teológica 12,5%; catequese 10,3%; apoio para transportes 6,9%; apostolado bíblico 5%; ajudas de emergência 4,5%; ajudas de subsistência 3,7% e apostolado dos meios de comunicação social 2,1%.

Esta missão pastoral realiza-se também graças à colaboração dos benfeitores portugueses que com a sua oração e contribuição "permitem continuar a dar esperança e a ajudar aqueles que seguem fielmente a Cristo", testemunha Catarina Martins, directora nacional da Fundação AIS.

Em Portugal, apesar da enorme crise económica que continua a reflectir-se no elevado número de desempregados, registou-se uma verba semelhante à de 2012, com um valor global de 1.885.313 euros. 

Veja aqui o Relatório Anual de 2013

Fonte: AIS via Zenit

Camisinha é a proteção dos tolos



Veja - Um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgado nesta quarta-feira aponta que os novos casos de infecção pelo HIV e de mortes associadas à doença cresceram no Brasil nos últimos oito anos.

É verdade que caiu no mundo. Mas o mundo é mais inteligente que achar que apenas o preservativo é algo. Eu sei que Uganda não deve pesar tanto nas estatísticas, mas o único pais do mundo em que a AIDS realmente baixou usando a castidade e fidelidade como forças motrizes. Aqui no Brasil é só "camisinha, camisinha, camisinha". Bem, na hora H, não precisa ser um confessor para escrever isso, a camisinha é a últimas das prioridades se não houver. É mais fácil um cachorro recusar uma linguiça que um na hora do momento deixar de se fornicar sem ter preservativo.

Ai vai o governo e distribui camisinhas. Pena que quando se está loucão - momento muito propício para a fornicação - também a camisinha não é prioridade. Pode estar deitado num caixote de camisinhas, não se usa. Ponto.

Finalmente, há aqueles que fazem mais que bodes com camisinha, com seus inúmeros rompimentos, solturas, vazamentos ou simplesmente má qualidade de permeabilidade ou simplesmente boa permeabilidade ao vírus da Aids mesmo com boa qualidade.  Então vão curtir sua camisinha no necrotério, vestindo camisão de terno.

Sem contar a Sífilis... ô, da sífilis ninguém fala. Mas da sífilis, se me permitem uma ironia, teve uma coisa boa, matou Lênin. O lado ruim é que ela levou vinte anos, desde que ele a pegou quando largava a camarada Krupskaya para ir nos bordéis parisienses no início do século... Mas Lênin não tinha sífilis associada à Aids como é hoje em dia. Garanto a vocês, quem tem sífilis e Aids não tem tempo de vida de fazer a Revolução como ele, e sim as bactérias e os vírus que fazem a Revolução em você.

Reinaldo Azevedo (...) As campanhas oficiais contra a difusão da AIDS estão essencialmente erradas. E não é de hoje. A camisinha segue sendo a principal barreira material contra a difusão do vírus. Mas ela é pouco eficaz quando não existe a barreira moral. E falo em moral em sentido amplo, que remete às escolhas pessoais — não a moralismo estridente e de fachada.

O estímulo ao sexo irresponsável, homo ou heterossexual, é uma das raízes da proliferação ainda brutal da doença. Pensem, por exemplo, no que se transformou a Vila Madalena, em São Paulo, nos dias da Copa. Todos vimos: venda de drogas e de álcool a céu aberto, ausência completa de poder público, leis básicas da civilidade e da civilização jogadas no lixo. Todos assistimos a filmes e imagens: quantos, naquele embalo, vão se lembrar da camisinha?

Ainda me lembro de uma propaganda oficial do Ministério da Saúde em que dois rapazes de conhecem num bar. Na sequência, aparecem na cama. Um deles acorda e toma um susto. Só se tranquiliza quando vê no criado-mudo o invólucro rompido da camisinha. Pergunto: era campanha contra a AIDS ou a favor do sexo irresponsável? Quem não consegue nem mesmo se lembrar se usou ou não o preservativo está mesmo protegido? A propaganda oficial, feita pelo Estado, deve, na prática, estimular a que se leve para a cama uma pessoa que acabou de conhecer?

Fonte:Frei Clemente Rojão

Delinquente "evangélico" destrói imagens em Igreja Católica de MG

Nossa Senhora do Patrocínio do Santíssimo Sacramento destruição quebra imagens santos (Foto: G1/ G1)

Título original:Por causa de religião, jovem destrói imagens de santos e é detido em MG

Para a PM disse ele não acreditar em imagens; outro suspeito está foragido.
Uma das oito estátuas de Sacramento aguardava coroação no Vaticano.

Um jovem evangélico de 20 anos foi detido duas vezes nesta quarta-feira (16) suspeito de destruir imagens de santos e a estrutura da igreja de Nossa Senhora do Patrocínio do Santíssimo Sacramento, localizada no Centro do município de Sacramento (MG). De acordo com a Polícia Militar, ele alegou que destruiu o local por não acreditar em representações religiosas. Ainda segundo a polícia, um segundo suspeito participou da ação, mas não foi localizado.


Após o ato de vandalismo o jovem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde assinou um termo de comparecimento e foi liberado. Contudo, pouco tempo depois o delegado regional da Polícia Civil na instância de Araxá, César Felipe Colombari, ordenou novamente a prisão do suspeito, que acabou detido mais uma vez, no mesmo dia.

O auxiliar administrativo da paróquia Wisne Lúcio de Souza, afirmou que oito imagens foram destruídas, entre elas está a de Nossa Senhora do Patrocínio do Santíssimo Sacramento, tombada pelo Patrimônio Histórico e que aguardava data de coroação no Vaticano.

O padre responsável pela paróquia, Sérgio Márcio de Oliveira, está em Campo Grande (MT) e retorna ainda nesta noite para a cidade. Por telefone, ele disse para a reportagem que o crime reflete em lamento de toda a população. “É a primeira vez que aconteceu isso. A cidade inteira está de luto lamentando. Pelo que estou recebendo de imagens e mensagens pelas redes sociais, a cidade está com o coração ferido porque destruíram todo nosso patrimônio religioso. É lamentável”, desabafou.

Em nota de repúdio divulgada no Facebook, a Prefeitura de Sacramento lamentou o ocorrido.


A perícia foi acionada e analisa o local. Já a polícia faz buscas para encontrar o segundo suspeito.

G1

PASTOR É PRESO COM ARMA E DROGA NO BAIRRO JARDIM MANAUS



Na manhã desta quarta-feira, 16 de julho de 2014, por volta das 10h:00, policiais civis do GDE (Grupo de Diligenciais Especiais) da 6ª SDP de Foz do Iguaçu, deram cumprimento a um Mandado de Busca e Apreensão expedido pela 1ª Vara Civil / Plantão Relacionado a Inquéritos Policial, na Rua Tiete Nº 130, no Bairro Jardim Manaus.

Ao darem cumprimento a ordem judicial, foi localizado na residência do Pastor Paulo Marcelo Schallenberger, de 38 anos, mais precisamente no interior do closet, uma pistola, calibre 380, com dois carregadores e a quantia de 45 (quarenta e cinco) cartuchos intactos do mesmo calibre, sendo também localizado uma bucha com substancia análoga a cocaína.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão ao pastor Paulo Marcelo Schallenberger, sendo encaminhado a 6ª SDP para as providencias cabíveis.

Fotos: Vanderlei Marcolino








Tribuna Popular

Mais informações:

Na manha desta Quarta feira, 16, em cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido pela 1ª Vara Civil – Plantão de Foz do Iguaçu, policiais civis da equipe Alpha/G.D.E, prenderam em flagrante Paulo Marcelo Schallenberger de 38 anos pelo crime de posse irregular de arma de fogo.


Em data de 07 de Julho foi registrado na 6ª S.D.P de Foz do Iguaçu um boletim de ocorrência dando conta que ‘Paulo’ teria ameaçado de morte um suposto credor. Segundo relatos do boletim, o noticiante teria comparecido até a residencia de ‘Paulo’ afim de cobrar uma divida relacionada a compra de um veículo e ao questionar sobre o pagamento ‘Paulo’ teria ameaçado-o com um revolver.

Diante dos fatos, a Polícia Civil instaurou inquérito e iniciou as investigações.

Na manha desta Quarta feira de posse do mandado de busca os investigadores se dirigiram até a Rua Tiete, 130, Jardim Manaus afim de cumprir o mandado expedido pela Justiça. Em buscas pela residencia foi localizado no interior do closet uma pistola da marca Taurus, calibre 380 com dois carregadores e 45 cartuchos intactos, também foi localizado uma bucha com substancia análoga a cocaína.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão a Paulo Marcelo Schallenberger sendo ele encaminhado a delegacia de policia. Paulo foi indiciado pelo crime de Posse irregular de arma de fogo de uso permitido (art. 12 da lei 10.826/03), pagou fiança e responderá pelo delito em liberdade.

Blog do Lago

Vídeo da matéria AQUI

quarta-feira, 16 de julho de 2014

"Apóstolo" dá calote em outros canais para ocupar ex-MTV e pede 20% de dízimo



Para ocupar ex-MTV, Valdemiro Santiago deixa de pagar outros canais

Sofrendo bastante com a concorrência da Igreja Universal do Reino de Deus, o apóstolo Valdemiro Santigo tem se virado para recuperar terreno na televisão aberta.

Valdemiro, conforme já noticiado pelo NaTelinha, locou toda a grade da antiga MTV Brasil, que foi vendida para o grupo Spring. Atualmente com o nome de Ideal TV, a Igreja Mundial do Reino de Deus fechou contrato até o fim do ano.

O porém é que, para comprar as 24 horas da Ideal TV, que tem exposição na Sky, Net, Claro TV, Oi, além de vários canais abertos por todo o país, o apóstolo deixou de pagar vários credores.

Segundo informações obtidas pelo NaTelinha, Valdemiro atrasou o aluguel da frequência que usa para transmitir seus programas pelas Antenas Parabólicas por todo o país.

O dinheiro, que é pago para a RedeTV!, ainda não foi depositado. Com isso, a emissora acabou tirando o sinal da IMPD TV das Parabólicas.

Além disso, o pastor está devendo alugueis de horários para a Rede NGT de Televisão, pequeno canal com sinal na Grande São Paulo.

Toda a quantia devida hoje chegaria na casa dos 8 milhões de reais.

 Para levantar o dinheiro, Valdemiro Santiago tem feito um pedido para os seus fiéis nos cultos das últimas semanas: doar 20% de dízimo, em vez dos tradicionais 10%.

As doações, segundo o apóstolo, podem ser feitas com cheque pré-datado, cartão de crédito e dinheiro em espécie. A campanha, segundo os cultos televisionados, é válida até o próximo dia 20 de julho.

Na telinha

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Transexual é ordenada pastora em igreja Batista

Transexual é ordenada como pastora por Igreja Batista nos Estados Unidos

Transexual é ordenada como pastora por Igreja Batista nos Estados Unidos

A Calvary Baptist Church, em Washington ordenou recentemente a transexual Allyson Robinson para o ministério evangélico. Allyson, anteriormente era conhecida como Daniel Robinson, participou do Seminário Teológico George W. Truett e já havia pastoreado uma igreja no Texas como um homem.

Segundo a Associated Baptist Press, Robinson começou a atuar no pastoreio da Calvary Baptist Church no dia 23 de junho. Em uma convocação temporária, ela deve ajudar nas pregações, aconselhamento, e outros deveres pastorais juntamente com os diáconos.

A ordenação de Robinson se deu no dia 15 de junho, e foi oficializada antes da partida do pastor Amy Butler para se tornar ministro sênior da histórica e progressista Igreja Riverside, em Nova York.

- Allyson Dylan Robinson é uma ministra do evangelho, treinada para a tarefa, e ordenada ao ministério evangélico por outra comunidade em que ela já havia servido. (…) Ao longo de sua jornada, Deus convidou-a a entrar no testemunho fiel de uma nova identidade, uma identidade verdadeira, e um novo nome – disse Butler.

- Embora nós sempre a conhecemos como Allyson, ela foi ordenado com um nome diferente – completou o pastor.

Robinson é ativista dos direitos LGBT e já trabalhou no passado para a Campanha de Direitos Humanos e como diretor-executivo da OutServe, uma rede de gays nas forças armadas. Ela tem experiência anterior no ministério pastoral, incluindo cinco anos na Igreja Batista em Portugal e como pastor da Meadow Oaks Baptist Church, em Temple, Texas, enquanto estudava no Seminário Truett entre 2005 e 2007.

Graduado em 1994 na Academia Militar dos Estados Unidos em West Point, Robinson foi contratado como um oficial do exército. Então conhecido como Daniel Robinson, ele comandou as unidades de mísseis Patriot na Europa e no Oriente Médio, serviu como instrutor/avaliador sênior para a OTAN e foi um conselheiro para as forças armadas da Arábia Saudita, Kuwait e Qatar.


Ela renunciou seu trabalho militar em 1999 para seguir uma vocação para o ministério cristão. Matriculou-se em Truett com a intenção de continuar no ministério como um homem cristão, mas seus primeiros semestres acabaram se tornando uma busca interior em torno das questões de identidade de gênero que o tinha assombrado desde a infância.

Robinson chegou a pensar em suicídio, e então começou a fazer terapia. Então, ele revelou aos seus entes queridos sobre o seu desejo de viver como uma mulher, mas adiou a revelação pública dessa sua nova identidade até sua formatura no Truett em dezembro de 2007, por causa das políticas da universidade sobre a homossexualidade.


Eva Powell, presidente da comissão de pessoal da Calvary Baptist Church afirma que a decisão do conselho de liderança da igreja para selecionar Robinson como pastora foi unânime e um indicativo da longa tradição da congregação de se esforçar “para nos abrir para o movimento do Espírito de Deus em nossas vidas individuais e da vida de nossa comunidade”.

Gospel +

Pastor e mais dois são presos suspeitos de torturar internos em clínica de reabilitação

Três são presos suspeitos de torturar internos em clínica de reabilitação em Quirinópolis, Goiás (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Três são presos suspeitos de torturar internos em clínica de reabilitação

Dentre os suspeitos está pastor evangélico que é sócio do local, em Goiás.
Polícia apreendeu cordas, arma de pressão e aparelho de choque.


A Polícia Civil prendeu, na sexta-feira (11), três homens suspeitos de agredir e torturar oito internos em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos em Quirinópolis, região sudoeste de Goiás. De acordo o delegado Tommaso Leonardi, responsável pelo caso, um dos suspeitos é pastor evangélico e sócio da clínica. Os demais suspeitos são outro sócio do local e um interno que ajudava nos trabalhos de coordenação do estabelecimento.

O caso foi descoberto depois que uma das vítimas fugiu da clínica e denunciou o caso à polícia. Em depoimento, as demais vítimas confirmaram os crimes. "Todos disseram que ficavam sem comida, sem banheiro e até sem água. Alguns alegaram que já foram algemados e agredidos com pedaços de arame e com coronhadas na cabeça", afirmou o delegado.
Durante os depoimentos,  algumas das vítimas também apresentarem lesões pelo corpo que teriam sido causadas pelos detidos. Além disso, no estabelecimento foram encontrados vários objetos que, segundo a polícia, comprovam os delitos.

"A clínica funciona em uma casa com vários cômodos na zona rural da cidade. Lá, localizamos cordas, um aparelho de dar choque e uma espingarda de pressão, que segundo um dos internos, foi usada para ameaçá-lo. Também havia menores de idade no local. Há vários indícios que comprovam que ali era cometido o crime de tortura", disse Leonardi ao G1.
Os suspeitos foram levados para o cadeia de Quirinópolis. A polícia continua investigando o caso pois acredita que outros internos da clínica também foram torturados. Ao todo, 20 pessoas eram atendidas no local.

arma choque em Quirinópolis, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Arma que produz descargas elétricas foi encontrada na clínica (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Monitoramento

Locations of visitors to this page

Radio Macabeus.

II Vídeo