quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Destaque brasileiro na mídia católica internacional: mulher carioca salvou 3.000 bebês do aborto!

WEB-Doris-Hipolito-Courtesy-Image

Ex-professora vai às favelas do Rio para ajudar mulheres grávidas a escolher a vida e construir o futuro

O Rio de Janeiro andou atraindo as atenções do mundo todo ao receber a Jornada Mundial da Juventude de 2013 e a Copa do Mundo de 2014, além de estar prestes a sediar os Jogos Olímpicos de 2016. Enquanto os holofotes davam amplo destaque à Cidade Maravilhosa, uma mulher salvou mais de 3.000 crianças condenadas ao aborto nas favelas da Baixada Fluminense, praticamente sem chamar atenção nenhuma, nem sequer no próprio país.

Tudo começou de maneira muito simples, há vinte e três anos.

Maria das Dores Hipólito Pires, mais conhecida como Dóris Hipólito, levava uma vida relativamente confortável como professora de história e geografia. A direção da escola onde ela dava aulas lhe pediu que ajudasse algumas das meninas que estavam sofrendo as consequências devastadoras de terem abortado.

Dóris juntou material pró-vida para tentar ajudar aquelas meninas e espalhou o material e a missão entre outros paroquianos. Pouco tempo depois, sentiu a moção interior de promover um rosário público no dia 13 de cada mês, ocasião em que também distribuía folhetos pró-vida. Com o apoio do bispo dom Werner Siebembrok e da Legião de Maria, o pequeno grupo formado por Dóris começou a ajudar, nas periferias e favelas, as mulheres que achavam que não tinham nenhuma alternativa a não ser abortar.

Embora o aborto seja ilegal na maioria dos casos no Brasil, existem muitas "clínicas" que os realizam ilegalmente na Baixada Fluminense, uma região com 3 milhões de cidadãos e com muitas carências sociais.

Dóris vai até a porta dessas "clínicas" e tenta conversar com essas mães, muitas das quais são dependentes químicas e/ou estão sofrendo intensa pressão de terceiros para abortar. Ela as incentiva a ter os filhos, oferecendo-lhes apoio para continuarem a gravidez e, principalmente, para transformarem as suas vidas.

Oito anos atrás, Dóris deu um passo muito corajoso com o apoio da própria família: largar o emprego e passar a trabalhar em tempo integral por aquelas mulheres desesperadas. Em 2007, ela encontrou uma mulher sem-teto, grávida, com deficiências físicas e mentais, que vivia debaixo de um viaduto. Dóris alugou uma pequena casa para cuidar dela. Não demorou quase nada para que aparecesse na casa uma segunda mulher grávida também esmagada por necessidades extremas. E outra, e mais outra, e mais outra. Dóris então estabeleceu formalmente a Casa de Amparo Pró-Vida.

Além de manter um lugar seguro e cheio de carinho para cuidar dessas mulheres e dos seus filhos, Dóris ajudou a montar centros pró-vida em igrejas locais para que as mulheres grávidas contassem com mais assistência. Tanto nestes centros quanto na Casa de Amparo, as mulheres grávidas encontram formação profissional, atendimento médico e um lugar onde trabalhar e viver com dignidade, suprindo as necessidades dos bebês.

Muitas das mulheres que Dóris recebeu se tornaram voluntárias neste mesmo trabalho. A filha de uma das mulheres que ela ajudou há vinte anos é hoje voluntária no acolhimento e no cuidado de outras mulheres em situação de grande vulnerabilidade.

A pressão política vem aumentando muito no Brasil para que o aborto livre seja legalizado no país. Há grupos de ideologia feminista radical que trabalham contra a ação pró-vida realizada por Dóris. Ela já recebeu telefonemas ameaçadores, inclusive com ameaças de morte. Uma mulher que foi inspecionar a Casa de Amparo viu as fotos das crianças que foram salvas do aborto e chegou a exclamar: "Esta casa nunca deveria ter existido!".

Hoje, Dóris e sua família confiam na Providência Divina para prover as suas necessidades e as de todas as pessoas que são atendidas na Casa de Amparo. Ela espera ampliar as instalações e já conta com a doação de um terreno, mas o projeto está paralisado por falta de fundos. Mesmo com suas limitações, Dóris já testemunhou o triunfo da vida de 160 crianças que foram salvas de abortos ilegais só neste ano.

Dificuldades à parte, Dóris continua firme, sustentada por Deus e pela força da esperança que irradia do rosto das crianças retratadas na sua parede. E quando as coisas ficam particularmente difíceis, ela recita para si mesma: "Os poderosos podem me mostrar o seu poder, mas os bebês me mostram o paraíso".

Para saber mais sobre Dóris Hipólito e para ajudar na sua incrível missão, acesse:

http://www.gofundme.com/hub754

Aleteia

Desculpe, dona imprensa, mas o Papa não disse que os cães vão para o céu.

Franco Origlia/Getty Images

Uma declaração polêmica foi atribuída ao Santo Padre Francisco. Muitos veículos de imprensa afirmaram que o Papa reconhece que os animais possuem uma alma e, por isso, terão a salvação eterna. Para variar um pouco na incompetência, a grande mídia não se deu ao trabalho de checar a fonte e mandou brasa na redação.

Extra, extra: O Papa disse que os cães irão para o céu, anunciou os grandes jornais com trompetes. Os católicos, por sua vez, muito ocupados em fazer nada foram compraram a mentira da grande mídia. Afinal, quem precisa procurar no site da Santa Sé, onde se encontra os discursos oficiais do Papa, ou recorrer a mídia católica?!

O resultado foi uma tragédia: Todos os grandes veículos de comunicação repetiram que Francisco  teria dito a um garoto que todos os cães vão pra o céu!

Como não podia ser diferente, a revolucionária mensagem ocupou destaque em veículos do mundo todo, como o jornal americano New York Times, o francês El Pais, a rede britânica BBC  e a rede CNN . No Brasil, os gigantes da comunicação, como a revista Veja e o jornal Folha de São Paulo compraram a mesma história.

Muito bem, passada a poeira que o vendaval dos veículos de comunicação produziu, podemos dizer com convicção: FRANCISCO NÃO DISSE ISSO!

Como sabemos que Francisco não disse isso? Muito simples, indo até a raiz do problema. Rick Gladstone, repórter do jornal New York Times, atualizou seu artigo que deu origem a todo esse furacão midiático.  Gladstone admitiu publicamente que errou na compreensão das palavras do Papa e explicou que, diferente do que foi noticiado anteriormente, Sua Santidade não teria dito isso para consolar um garotinho triste pela perda de seu cachorro. Por fim, na breve nota que deu sobre o caso, ele acaba por confessar, embora de forma um tanto quanto sutil, que a mensagem foi distorcida.

O jornalista usou em sua defesa o fato de ter se baseado num suposto artigo do jornal italiano Corriere della Sera, onde o autor apenas sugeriu que Francisco poderia estar dizendo que exista vida após a morte também para os animais.

A nada sutil gafe jornalistica foi denunciada pelo jornal americano USA Today, que desqualificou o jornalismo de segundo nível produzido com a matéria. O USA Today chegou a classificar o incidente de “lenda urbana” e um “desastre de trem jornalístico”.

Para variar um pouco, os portais protestantes aproveitaram para inquerir ao Papa com argumentos de “grande” profundidade teológica como: “Onde está na Bíblia?” Enfim, tomemos cuidado, pois a imprensa está a serviço da desinformação. A grande mídia está aí para tirar as palavras da boca do Papa e por novas. O Papa da mídia é outro. Tomem cuidado.

http://fidespress.com/

domingo, 14 de dezembro de 2014

O Espírito Santo Me Disse...



Existem aproximadamente 36.400* seitas não-Católicas hoje no mundo, e a cada semana surgem mais. Todas usam a mesma Bíblia, mas cada uma a interpreta de maneira diferente, e consequentemente acaba pregando um "outro Evangelho" (Gálatas 1,8-9). A parte triste é que cada uma tenta justificar sua existência e, portanto, suas ações e maior divisão do Corpo de Cristo alegando que:
"O Espírito Santo me disse".

*Enciclopédia Mundial Cristã, 2003, uma publicação Protestante.

Bom senso e razão, por parte de pessoas inteligentes, mostram rapidamente que esta mentalidade não está em harmonia com o ensinamento de Jesus Cristo, pois ele chamou por "Um Só Rebanho com Um Só Pastor" (João 10,16).
Essas divisões do Corpo de Cristo estão em contradição com o ensinamento da Sagrada Escritura, então como pode ser possível que o Espírito Santo esteja guiando os que a causam?

"Rogo-vos, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, QUE TODOS ESTEJAIS EM PLENO ACORDO E QUE NÃO HAJA ENTRE VÓS DIVISÕES. VIVEI EM BOA HARMONIA, NO MESMO ESPÍRITO E NO MESMO SENTIMENTO."
1Coríntios 1,10. Leia também 1Coríntios 11,17-22

"Todo reino dividido contra si mesmo será destruído. Toda cidade, toda casa dividida contra si mesma não pode subsistir."
Mateus 12,25

"Todo aquele que caminha sem rumo e não permanece na doutrina de Cristo, NÃO TEM DEUS. Quem permanece na doutrina, este possui o Pai e o Filho."
2João 1,9
A Bíblia é muito explícita quando diz que aqueles que causam divisões não são de DEUS. Dessa forma, o Espírito Santo não poderia de jeito nenhum inspirá-los.

"Caríssimos, não deis fé a qualquer espírito, mas examinai se os espíritos são de DEUS, porque muitos falsos profetas se levantam no mundo. Nisto se reconhece o Espírito de DEUS: Todo Espírito que proclama que Jesus Cristo se encarnou é de Deus.TODO ESPÍRITO QUE NÃO PROCLAMA JESUS NÃO É DE DEUS, MAS É ESPÍRITO DO ANTICRISTO de cuja vinda tendes ouvido, e já agora está no mundo."
1João 4,1-3

Satanás nos fornece 99 verdades para que acabemos engolindo uma mentira.
"E Eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco. E O ESPÍRITO DA VERDADE, QUE O MUNDO NÃO PODE RECEBER, PORQUE NÃO O VÊ NEM O CONHECE, MAS VÓS O CONHECEREIS, PORQUE PERMANECERÁ CONVOSCO E ESTARÁ EM VÓS."
João 14,16-17

"Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora. Quando vier o Paráclito, O ESPÍRITO DA VERDADE, ELE ENSINAR-VOS- TODA A VERDADE, porque não falará por si mesmo, mas dirá o que ouvir e ANUNCIAR-VOS-Á AS COISAS QUE VIRÃO."
João 16,12-13

Qual é a mensagem desses versículos?
*A quem Jesus se dirigiu nesses versículos?
Este diálogo aconteceu durante a Última Ceia e os únicos presentes com Ele eram os Apóstolos. Ele disse-lhes que o Espírito Santo iria habitar na Igreja que iria fundar. Ele não estava falando para as multidões neste momento.
*Que NEM TUDO está na Bíblia, já que haverá declarações futuras.
*Que a verdade é UMA, e é a pessoa de Jesus Cristo (João 14,16). Que o Espírito certamente não pode declarar uma verdade diferente a cada uma das 36.400 dividões de Seu Corpo.

Então como se pode responder a cada uma dessas 36.400 divisões quando estas alegam que "O Espírito Santo lhes falou"?
Para aqueles que alegam que "O Espírito Santo lhes falou", devo perguntar: "Existem 36.400 Espíritos Santos dizendo a cada divisão uma verdade diferente, ou existe um só Espírito que fala através da única Igreja fundada por Jesus Cristo e mente para o resto?" Qual seria a opção verdadeira? É óbvio que nenhuma das duas, pois a Sagrada Escritura nos dá a resposta.

"Nós, porém, somos de DEUS. Quem conhece a DEUS, ouve-nos: quem não é de DEUS, não nos ouve. É NISTO QUE CONHECEMOS O ESPÍRITO DA VERDADE E O ESPÍRITO DO ERRO."
1João 4,6
Existem três espíritos, e qualquer um deles poderia estar guiando uma pessoa.
1. Primeiramente existe o Espírito Santo, o Espírito da Verdade, e Seu comando vem de DEUS.
2. Existe então o espírito humano que fabrica os comandos através da imaginação e de outras peculiaridades humanas.
3. Finalmente, existe o espírito maligno e seu comando vem direto de Satanás.

O Espírito da verdade está na Igreja da Verdade, a Igreja que Jesus Cristo fundou.

Como determinamos qual Espírito está guiando a cada um de nós? A Sagrada Escritura nos dá a resposta.

"Deste fato nós somos testemunhas, NÓS E O ESPÍRITO SANTO, QUE DEUS DEU A TODOS AQUELES QUE LHE OBEDECEM."
Atos 5,32
Todos que O obedecem são guiados pelo Espírito Santo. O desobediente é guiado por um dos outros espíritos.
"Sede submissos e obedecei aos que vos guiam pois eles velam por vossas almas e delas devem dar conta. Assim eles o farão com alegria, e não a gemer, que isto vos seria funesto."
Hebreus 13,17
Esta é uma ordem de DEUS.
Martinho Lutero e os outros partidários da reforma foram obedientes a seus superiores?
Eles obedeceram à ordem de DEUS neste versículo? Não? Então qual dos outros dois espíritos os estava guiando?

Nós obedecemos a DEUS obedecendo aos Seus Mandamentos. DEUS nos diz que Ele deve ocupar o primeiro lugar em nossas vidas.
O que é mais importante em nossas vidas é o deus de nossas vidas. Colocamos DEUS em primeiro lugar, ou colocamos o dinheiro, o poder, as coisas mundanas, ou a carne? Se DEUS ocupa o primeiro lugar em sua vida, isto é um bom sinal de que o Espírito Santo está lhe guiando.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Grupo afirma que mundo vai acabar dentro de 7 anos

Grupo cristão afirma que mundo vai acabar

Um grupo cristão americano previu que o fim do mundo está próximo e, garante que o evento acontecerá dentro de sete anos, com inundações, terremotos e pragas, que serão responsáveis pela extinção da raça humana.

A Sociedade Bíblica Mundial afirma que durante os primeiros anos do Apocalipse o Anticristo irá subir para governar o mundo, mas nem tudo será mau, pois Jesus irá voltar poco tempo depois, ressuscitando todos os cristãos para junto dele. O resto de nós será deixado para morrer nas enormes enchentes.

Kenton Beshore, presidente da Sociedade Bíblica Mundial, afirma que “o fim ocorrerá entre agora e 2021, com Jesus chegando para ajudar entre 2018 e 2028. Ele acredita que muitos dos sinais que precedem o Apocalipse já ocorreram, como o renascimento do Estado de Israel e a viagem do homem para o espaço.

“Sete principais sinais já se cumpriram. Cinco grandes sinais estão a se cumprir, e mais 15 principais sinais serão ainda cumpridos. O Senhor Jesus nos ordenou a prestar atenção para seu retorno,” disse ele.

   Metro via Notícias mmo


Igreja Universal é condenada a indenizar donos de imóvel

Proprietários efetuaram reformas a pedido da Igreja que pretendia transformar o local em um templo religioso, no entanto, a igreja desistiu do aluguel.

A sentença da comarca de Santa Helena de Goiás, que condenou a Igreja Universal do Reino de Deus a pagar indenização por danos morais e materiais a M D da S e M V B S, foi mantida pela 2ª Turma Julgadora da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), por unanimidade de votos Proprietários de um imóvel na cidade, onde funcionava uma Galeria Central, M e M efetuaram reformas no local, inclusive com a retirada de paredes de alvenaria de 14 salas comerciais, banheiros e instalação hidráulicas, com o intuito de alugar o espaço para a Igreja. As reformas foram feitas diante do interesse da Universal em transformar o local em um templo religioso, inclusive com pedido do pastor da Igreja e a ajuda de fiéis nas obras, em regime de mutirão A relatoria é do desembargador Zacarias Neves Coêlho

A Igreja foi condenada a pagar indenização no valor de R$ 53206,71, corrigidos monetariamente desde o ajuizamento da ação e com incidência de juros de mora, por dano emergente, decorrente da demolição de várias paredes do imóvel de M e M e pela promessa de que o local seria alugado para ser um templo. Também terá que pagar R$ 8835,00, com atualização de valores, a título de indenização por lucros cessantes Isso porque eles deixaram de lucrar com o aluguel de uma das salas existentes no imóvel, no período de 19 meses, cujo valor era de R$ 465,00 que somados equivalem a R$ 8835,00 Houve ainda a condenação de pagamento de indenização no valor de R$ 10 mil, por danos morais

Insatisfeita com a sentença, a Igreja Universal do Reino de Deus interpôs apelação cível, alegando que, mesmo tendo demonstrado interesse em alugar a galeria, não firmou nenhum contrato com os proprietários do imóvel. Além disso, sustentou que não promoveu qualquer modificação no local, tendo a demolição sido feita por conta e risco de M e M, e que o pastor responsável não teria legitimidade para firmar contrato sem a permissão do bispo estadual

No entendimento dos integrantes da 2ª Câmara Cível, não cabe provimento à apelação cível interposta pela Igreja. De acordo com o relator do processo, as reformas ocorreram no espaço em razão do interesse da Igreja em alugar o local para transformar em um templo religioso "O fato é que, depois de realizada a demolição parcial, houve a desistência injustificada da apelante em alugar o imóvel, não havendo dúvidas, portanto, de que sua conduta causou prejuízos de ordem material aos recorridos", afirma

O magistrado informou também que os danos emergentes foram confirmados por meio de laudo pericial Já os lucros cessantes foram comprovados pelo fato incontroverso de que, na época do ocorrido, uma das salas comerciais estava alugada por R$ 465,00 e que, em razão da demolição, M e M deixaram de receber esse valor pelo período de 19 meses. "Assim, no que se refere à condenação da apelada ao pagamento de indenização por danos materiais, como danos emergentes e lucros cessantes, não há de se falar em reforma da sentença, até porque, ao contrário do que se alegou no apelo, não foi demonstrada a culpa concorrente dos apelados, que apenas procederam à demolição parcial de sua galeria para atender às exigências da apelante", enfatiza

Em relação à alegação de que o pastor local não tinha legitimidade para alugar o espaço sem a permissão do bispo, o desembargador Zacarias Neves Coêlho ressaltou que o fato não era de conhecimento dos donos do imóvel e que eles, agindo de boa fé, acreditaram contratar com quem realmente detinha poderes para tomar a decisão. Votaram com o relator, os desembargadores Carlos Alberto França e Amaral Wilson de Oliveira que presidiu a sessão

O número do processo não foi divulgado.

Fonte: Jus Brasil

EUA: pastor defende matar gays e bissexuais para fim da Aids



Anderson ainda afirmou que todos os gays são pedófilos e que odiar e condenar a homossexualidade é amar a Deus e praticar o cristianismo

“Sodomia é o nome que a Bíblia dá para essa categoria que abrange gays e bissexuais”, afirmou o pastor americano Steven Anderson, na igreja evangélica Faithful Word Baptist, no Arizona. Ao ler um trecho do livro Levíticos, ele diz que Deus condena a homossexualidade e o extermínio de gays seria a garantia de um mundo livre da Aids. As informações são do The Independent.

O sermão proclamado pelo pastor no dia 1º de dezembro, Dia Mundial de Combate a Aids, é polêmico. Ele defendeu que o genocídio do grupo LGBT é a melhor forma de combater o vírus, já que, segundo ele, “estatísticas mostram que 90% dos infectados são gays”. A plateia chegou a rir em algum momento do discurso, ao que ele respondeu que “bichas não são aceitas em sua igreja”.

Ainda segundo Steven Anderson, Deus condena a homossexualidade e a Bíblia diz que “se um homem se deitar com outro, como se este fosse uma mulher, os dois estarão cometendo uma abominação: eles serão levados à morte e seu sangue cobrirá seus corpos”. Por causa disso, o pastor acha que a Aids pode ser quase que destruída da Humanidade, pois “assim Deus quer”.

Anderson ainda afirmou que todos os gays são pedófilos e que odiar e condenar a homossexualidade é amar a Deus e praticar o cristianismo.

O pastor é reconhecido por seu discurso de ódio. Em 2009, ele disse publicamente que odiava o presidente negro eleito, Barack Obama, e rezou para sua morte e sua ida “ao inferno”. Ele ainda condena as mulheres que usam pílula anticoncepcional, dizendo que todas elas são “prostitutas com o sangue verde”.

Terra

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Pastor preso em Minas é acusado de integrar esquema de venda de diplomas


Suspeito era pastor e conselheiro tutelar em Várzea da Palma. (Foto: Dirceu Marques)

Ele é apontado como testa de ferro de quadrilha que vendia, em cinco estados, certificados de todos os níveis de formação escolar, do fundamental ao mestrado

Depois da descoberta do esquema de fraudes em vestibulares de faculdades de medicina e nas provas no Exame Nacional do Ensino Médio (Exame), desmanchado no início desta semana com a prisão de mais de 30 pessoas, foi identificada em Minas Gerais a ramificação de uma quadrilha especializada na venda de certificados falsos de conclusão de cursos em todos os níveis educacionais (do ensino fundamental ao mestrado) e de formação técnica em várias áreas. O grupo comercializava até diplomas falsos de curso de medicina, de acordo com a Operação Falsário, desencandeada pela Polícia Civil do estado de Mato Grosso.

A operação resultou em várias prisões, entre as quais a do pastor evangélico Daniel Gonçalves dos Santos, detido nessa quinta-feira em Várzea da Palma, Norte de Minas. Ele é apontado como representante em Minas do esquema fraudulento de atuação em nível nacional, que se organizou em Cáceres (MT), coincidentemente, o mesmo estado onde foi montada uma base da quadrilha que burlava as provas do Enem. Segundo a investigação, o bando vendia diplomas em diversos estados, incluindo Minas, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Até a noite de noite de ontem, nove pessoas, além do pastor, foram presas em cidades do Mato Grosso, incluindo Cáceres e a capital Cuiabá, e em São Paulo, nas cidades de Limeira, Americana, Fernandópolis, Jales e Santa Fé do Sul. Os policiais cumpriram 23 mandados de condução coercitiva. As investigações foram iniciadas há quatro meses, sob o comando da Delegacia Regional de Policia Civil de Cáceres, a 250 quilômetros de Cuiabá, com o apoio do Ministério Publico Estadual do Mato Grosso e de policiais civis de Minas e de São Paulo.

A prisão de Daniel Gonçalves dos Santos causou surpresa em Várzea da Palma, pois ele era considerado um cidadão acima de qualquer de suspeita. Era apontado por moradores como uma pessoa de bem. Além de pastor da igreja evangélica Assembléia de Deus, Daniel integrava o Conselho Tutelar dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes do município norte-mineiro. “A população ficou assustada com a prisão, pois ninguém esperava que ele fizesse algo errado”, afirmou o delegado de Várzea da Palma, Fernando Vetorazo Alvarenga.

O suspeito prestou depoimento ontem à noite. Ao ser preso, admitiu envolvimento com o esquema de venda de diplomas falsos. Atuava como uma espécie de gestor da “filial” de Várzea da Palma da organização criminosa. O pastor, que teve a prisão preventiva decretada pela Justiça do Mato Grosso, também foi autuado em flagrante pelo crime de falsificação de documentos.

APREENSÃO

Ao cumprir mandado de busca na casa do pastor, a Polícia Civil achou uma grande quantidade de diplomas falsos referentes à “conclusão” de cursos superiores como medicina, agronomia, pedagogia, direito, teologia e psicanálise. Foram recolhidos ainda certificados de cursos de pós-graduação lato sensu e de mestrado. Segundo o delegado Fernando Vetorazo, as falsificações se referem, na maioria, a faculdades particulares, que, na prática, não têm relação com a quadrilha. Entre outros, foram encontrados diplomas emitidos em nome da Universidade Santa Úrsula, do Rio de Janeiro. Cada documento levava 60 dias para ser entregue.

Na casa do pastor e conselheiro tutelar, os policiais encontraram ainda uma quantidade de cheques, que teriam sido recebidos como pagamento de diplomas falsos. De acordo com o delegado, os preços dos diplomas variavam entre R$ 3 mil e R$ 14 mil, sendo cobrados valores mais altos dos certificados de cursos mais procurados, como medicina.

A operação continua em andamento. Além dos 10 presos, ainda há um outro envolvido sendo procurado pela polícia. A Delegacia de Cáceres deve repassar mais informações sobre a quadrilha nesta sexta-feira.

“Preta do diabo”, “endemoniada”, “satanás”: Professora evangélica é denunciada por racismo e preconceito religioso contra criança

escola

O crime denunciado pela mãe de uma aluna de apenas oito anos, aconteceu em várias oportunidades em uma sala de aula na escola Padre Chiquinho em Porto Velho, localizada na Avenida Campos Sales, região central, onde uma menina de apenas oito anos sofria preconceitos raciais, discriminação e era humilhada por uma professora.

Segundo boletim de ocorrência de nº 14E1003006967 a criança era chamada pela professora de: “preta do diabo", "endemoniada", "satanás" e outros xingamentos, pelo fato da estudante ter dito na sala de aula que é de uma família católica e a professora ser evangélica da igreja Universal.

A criança disse ainda que a professora obriga todos os alunos a seguirem a sua religião. Em algumas oportunidades a acusada teria mandado os alunos se juntarem e colocarem as mãos na cabeça da menor para segundo ela expulsar um possível demônio que a criança possui, causando assim grande constrangimento a ela.

A mãe da menor quando soube desses fatos foi até a escola e encontrou a professora na diretoria, onde foi recebida a gritos, seguidos de palavrões. A professora disse à mulher que ela poderia procurar quem for que não ia dar em nada.

Depois de ser agredida verbalmente a mãe da aluna disse que a diretora da escola falou que ia procurar uma outra sala para colocar a aluna, porém a comunicante com medo de algo pior acontecer com sua filha não aceitou, deve tirar a criança da instituição de ensino e registrou ocorrência. O caso será apurado pelo delegado responsável pelo DP.

Fonte: Rondoniaovivo via Geledés

Uma pergunta pra filha do Macedo,com tanto ódio pelos católicos ,o que ela faz em uma escola com o nome de um padre?

A possuída nessa caso não é a criança, e sim essa doida,que deveria estar em um manicômio.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

“Fui estuprada e terei a criança”. Conheça a história de Irmã Lucy Veturse,a freira que foi violentada

freira

Uma história comovente. Irmã Lucy Veturse, da Bósnia, foi estuprada e optou em não usar a violência contra o feto gerado no ato indesejado. Acompanhe o testemunho da freira que foi publicado na Revista Pergunte e Responderemos.

Confira a carta da religiosa

Reverendíssima Madre Geral,

Eu sou Lucy Veturse, uma das Junioristas que foram violentadas pelos milicianos sérvios … acontecimento que atingiu a mim e às duas Irmãs Religiosas: Tatiana e Sendria.

Seja-me permitido não descer a certos particulares do fato. Há experiências tão tristes na vida que não podem ser comunicadas para ninguém a não ser àquele Bom Pastor a quem me consagrei no ano passado com os três votos religiosos.

O meu drama não é a humilhação padecida, como mulher, nem a ofensa insanável feita à minha escolha existencial e vocacional, mas é sobretudo a dificuldade de inscrever na minha fé um acontecimento que certamente faz parte do insondável e misterioso plano dAquele que eu continuarei a considerar sempre o meu Divino Esposo.

Tinha lido, poucos dias antes, o ´Diálogo das Carmelitas´ de Bernanos e me tinha sido espontâneo pedir ao Senhor poder eu mesmo morrer mártir. Ele me tomou na palavra,…mas de que jeito! Encontro-me atualmente numa angustiante noite escura do espírito. Ele destruiu o projeto de vida que eu considerava definitivo para mim. De improviso me inseriu em um novo desígnio que neste momento é , para mim, ainda a ser descoberto.

Escrevo, Madre, não para receber da senhora conforto, mas para que me auxilie a agradecer a Deus por me ter associado a milhares de minhas compatrícias ofendidas na honra e forçadas à maternidade indesejada. Minha humilhação junta-se à delas e, pois que não tenho outra coisa para oferecer para a expiação dos pecados cometidos pelos anônimos violentadores e para uma pacificação entre as duas opostas etnias, aceito a desonra padecida e a entrego à misericórdia de Deus.

Agora eu sou uma entre elas, uma das tantas anônimas mulheres do meu povo com o corpo destruído e a alma devastada. Nosso Senhor me admitiu a participar de seu mistério de vergonha; mais ainda a mim, Religiosa e freira, concedeu o privilégio de compreender até o fundo a força diabólica do mal.

Sei que, de agora em diante, as palavras de encorajamento e de consolação que conseguir extrair do meu pobre coração, serão com certeza aceitas, porque a minha história é a história delas e a minha resignação, sustentada pela fé, poderá servir, se não de exemplo, pelo menos de referencial para as suas reações morais e afetivas.

Lembro que, quando freqüentava em Roma a Universidade ´Auxilium´ para a formatura em Letras, uma idosa docente de Literatura Eslava citava os seguintes versos do poeta Alexei Mislovich: ´Tu não deves morrer, porque tu escolheste ficar do lado da vida´. Na noite em que fui dilacerada pelos sérvios, por horas seguidas continuava a repetir para mim mesma aquelas palavras que me pareciam como um bálsamo para a alma, mesmo no momento em que o desespero parecia aflorar para me apanhar. Agora tudo passou e, se me volto para trás, tenho a impressão de ter tido um terrível sonho feio.

Tudo passou, mas, Madre, tudo está para começar. No seu telefonema, depois de suaspalavras de conforto, de que ficarei agradecida por toda a minha vida, a senhora me colocou uma clara pergunta: ´Que farás da vida que te foi jogada no seio? ´. Percebi que sua voz tremia ao me colocar esta interrogação, à qual achei pouco oportuno responder logo, não porque não tivesse já refletido sobre a escolha, a decisão a ser tomada, mas para não atrapalhar as eventuais propostas e projetos seus a meu respeito.

Eu já decidi. Se for mãe, o menino será meu e de ninguém mais. Sei que poderia confiá-lo a outras pessoas, mas ele tem direito, mesmo não sendo esperado por mim, nem pedido, ao meu amor de mãe.

Não se pode arrancar uma planta de suas raízes. O grão caído no chão precisa de crescer lá onde o misterioso semeador, mesmo sendo iníquo, o jogou. Realizarei minha vocação religiosa, mas de outra maneira. Não peço nada à minha Congregação, que já me deu tudo. Fico agradecida pela solidariedade fraternal das coirmãs, que nestes dias me encheram de atenções e amabilidades, em particular por não me ter incomodado com perguntas indiscretas. Irei embora com meu filho, se Deus quiser. Não sei ainda aonde, mas Deus, que interrompeu improvisamente minha maior alegria, me orientará e indicará o caminho a percorrer para cumprir sua vontade.

Voltarei a ser uma moça pobre, retomarei meu velho avental, meus tamancos, que as mulheres usam nos dias de semana, e irei com minha mãe a recolher a resina da casca dos pinheiros dos nossos vastos bosques.

Deve mesmo haver alguém que comece a quebrar a corrente de ódio que deturpa, há tanto tempo, os nossos países. Ao filho que vier (se Deus quer que venha) ensinarei mesmo somente o AMOR. Ele, nascido pela violência, testemunhará, perto de mim, que a única grandeza que honra a pessoa humana, é aquela do PERDÃO.

Ancoradouro

Cavaleiros de Colombo doam dois milhões de dólares para ajudar refugiados na Síria e no Iraque



Os Cavaleiros de Colombo, a maior associação laical da Igreja Católica no mundo, estão enviando mais de dois milhões de dólares para os refugiados que fogem da violência do Estado Islâmico (ISIS) no Iraque e na Síria, um dinheiro que será utilizado para construir moradias e proteger estas pessoas do inverno.

Em declarações ao Grupo ACI, o Cavaleiro Supremo, Carl Anderson, assinalou em 20 de novembro que “temos dezenas de milhares de refugiados nesta área (norte do Iraque), que tiveram que deixar as suas casas ameaçados com armas. Muitos deles estão dormindo ao ar livre, em corredores. Três, quatro famílias juntas em uma escola cristã. E o inverno está chegando”.

Nesse sentido, disse que “temos que prover-lhes algo sobre uma base mais permanente porque isso não será resolvido nos próximos meses ou talvez inclusive nos próximos anos”. “O que não queremos que aconteça é que as pessoas nasçam e morram nos enormes campos de refugiados, como está acontecendo com os palestinos, por exemplo. Por isso é importante que façamos alguma coisa”, acrescentou.

A construção das casas “pode começar já no próximo mês”, indicou o site dos Cavaleiros de Colombo. Mais de 100.000 cristãos fugiram de suas casas na região de Mosul, no norte do Iraque, depois da chegada do Estado Islâmico que os forçou a saírem em julho. Muitos dos habitantes deixaram a maioria ou todos os seus pertences e agora, como refugiados, vivem em barracas ou escolas.

A Igreja foi a única fonte de ajuda para os refugiados já que o governo iraquiano não fez nada, assinalou em outubro ao Grupo ACI um membro da organização de ajuda internacional Ajuda à Igreja que Sofre (AIS).

Com 1,8 milhões de membros em diferentes países, os Cavaleiros de Colombo são a maior associação laical católica do mundo. Em 19 de novembro anunciaram que doariam mais de dois milhões de dólares para ajudar os refugiados iraquianos e sírios que fogem da violência –não só cristãos, mas também de outras minorias religiosas-, para dar-lhes casas permanentes na Arquidiocese católica caldeia de Erbil, que é a capital do Curdistão iraquiano.

Os Cavaleiros de Colombo arrecadaram 1.7 milhões de dólares entre os seus membros individuais, conselhos locais e outras doações desde agosto, sobre a base de um milhão de dólares com os quais o fundo começou. O dinheiro chegou junto com as orações pelos refugiados, indicou Anderson. O fundo continua aberto para quem deseja continuar doando.

Junto ao fundo para moradia, o Fundo de Ajuda para os refugiados dos Cavaleiros de Colombo está enviando 200.000 dólares de ajuda à Arquidiocese católica grego-melquita de Aleppo (Síria). Anderson enfatizou que os cristãos têm o direito de viver na região que habitaram por milhares de anos. Do mesmo modo, recordou que estas pessoas “falam a mesma língua que Jesus falou”.

A ação dos Cavaleiros de Colombo é uma resposta ao chamado do Papa Francisco de “globalizar a caridade” para os migrantes em todo mundo, afirmou Anderson e assinalou que em sua experiência as pessoas querem “permanecer em suas casas se puderem. As populações emigram porque é impossível permanecer em sua terra. Por isso temos que fazer possível que encontrem uma maneira de resolver estes problemas”.

Nesse sentido, disse no último dia 19 de novembro, que “estas novas moradias são sinais de esperança que permitirão que esta comunidade comece a florescer mais uma vez”.

ACI digital

Papa Francisco telefonou para uma vítima de abusos na Espanha e o encorajou a processar os culpados



Uma fonte do Vaticano confirmou a ACI Digital que o Papa Francisco ligou para um jovem que teria sido vítima de abusos sexuais há aproximadamente uma década em Granada, Espanha, e o encorajou a trazer os culpados à justiça.

A fonte vaticana explicou que o Santo Padre telefonou para o jovem, que agora teria 24 anos, solidarizou-se com ele e o “animou a processar os culpados porque (Francisco) realmente quer terminar com o escândalo da pedofilia”.

O caso, difundido por meios de comunicação em todo mundo, fez que a Arquidiocese de Granada, através do Arcebispo Javier Martínez, publique um comunicado no que explicava que três sacerdotes da diocese foram suspensos “a divinis”.

Nos últimos dias alguns meios acusaram ao Arcebispo de não ter atuado oportunamente sobre este caso. O Prelado, que participa da assembleia plenária dos bispos espanhóis em Madri, expressou sua solidariedade com o jovem e esclareceu que havia tomado uma postura sobre o caso assim que soube dos fatos no mês de agosto deste ano.

ACI digital

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

O batismo em nome de Mamom.



Jerônimo Onofre da IEQTA e seus ensinamentos.
(Só  se for segredos para ele enriquecer)

A criatividade  nessas seitas não tem limites, no vídeo a seguir, temos a "Igreja" do Evangelho Quadrangular Templo dos Anjos e a  1a. "Igreja" Quadrangular de Governador Valadares anunciando o BATISMO DA PROSPERIDADE(ou de MAMOM,como acharem melhor)

O único batismo que conheço é o batismo em nome da Trindade,em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,mas tem quem prefira se batizar em nome de MAMOM,lamentável!


                                      "Igreja" do Evangelho Quadrangular Templo dos Anjos 

1a. "Igreja" Quadrangular de Governador Valadares 
                                     
                                        

Cada dia essas seitas se superam mais e mais.Aonde isso vai parar,meu Deus?

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Governo do Quênia contra o charlatanismo.

Governo do Quênia reage a escândalos de charlatanismo e proíbe registro de novas igrejas

Governo do Quênia reage a escândalos de charlatanismo e proíbe registro de novas igrejas

O procurador-geral do Quênia instituiu a proibição do registro de novas igrejas no país depois que eclodiu o escândalo protagonizado pelo pastor neopentecostal Victor Kanyari, acusado de charlatanismo.

De acordo com a revista Christianity Today, o governo queniano quer impor regras mais severas para evitar a proliferação de falsos sacerdotes que fingem milagres para atrair fiéis.

“Apelamos a todos os cristãos para nos apoiar e ficar com a gente”, disse o bispo Mark Kariuki, presidente da Aliança Evangélica do Quênia. “Quando se trata de questões de fé, as pessoas estão dispostas a morrer pela fé e vamos ficar firmes com a igreja”, comentou o líder cristão.

O escândalo veio à tona através da investigação feita pela emissora KTN, que veiculou um documentário chamado “Predadores da Oração”, onde o pastor Victor Kanyari é apontado como falsário que forja milagres e testemunhos.

O televangelista supostamente teria enriquecido a partir da prática do charlatanismo, que atraiu um grande número de seguidores.

“Um tomate podre não significa que todos os tomates estão podres. Se eles nos proibirem, teremos um problema”, protestou o bispo Kariuki ao jornal local Daily Nation.

Logo após a veiculação da reportagem investigativa, um grupo de ateus pediu às autoridades que investigassem o pastor Kanyari e o levasse a julgamento por supostamente se aproveitar da simplicidade dos fiéis: “Os ateus no Quênia gostariam que o governo do país prendesse rapidamente Victor Kanyari por tirar vantagem dos crentes quenianos e, eventualmente, extorquir dinheiro deles em nome de Deus. O que o pastor Kanyari vem fazendo é fraude, e é inaceitável”, disse Harrison Mumia, presidente da associação Ateus no Quênia em um comunicado.

A associação Ateus no Quênia se descreve como um grupo de pessoas que não creem em nenhuma forma de religião e tem como missão desafiar e confrontar a fé religiosa. Assista no vídeo abaixo o documentário “Prayers Predators” (em inglês), que mostra cenas de cultos promovidos pelas denominações neopentecostais no Quênia e acusa o pastor Victor Kanyari de charlatanismo:


Gospel +

Papa Francisco promove uma rifa para ajudar os pobres



O jornal da Conferência Episcopal Italiana Avvenire, informou que o Papa Francisco decidiu organizar uma rifa com os presentes que recebeu durante o seu pontificado – entre eles se encontra um carro zero quilômetro 4x4 da Fiat – para ajudar os pobres.

A rifa, cujos ganhadores serão anunciados no dia 8 de janeiro, também inclui várias bicicletas, uma cafeteira fina, uma filmadora digital, dispositivos Wireless, relógios, entre outros.

O dinheiro arrecadado servirá para as obras de caridade. Cada rifa custa 10 euros (aproximadamente 32,4 reais).

Os tickets estão à venda no escritório postal, farmácia e outros lugares no vaticano abertos ao público.

O sorteio será realizado na presença de um notário público e do Cardeal Giuseppe Bertello, Presidente do Governo do Estado Vaticano.

O organizador deste evento é o Arcebispo polonês e Elemosineiro Pontifício, Dom Konrad Kraiewski.

ACI digital

Católica perante os carrascos: “Sou feliz morrendo mártir”

Khiria Al-Kas Isaac

No Iraque, os seguidores do Alcorão prenderam Khiria Al-Kas Isaac, 54, puseram-lhe uma faca no pescoço e exigiram que ela apostatasse da religião católica, tornando-se muçulmana. Mas Khiria lhes respondeu:

 “Nasci católica e vou ficar assim até a morte. Prefiro morrer católica. Sou feliz pelo fato de ser mártir. Jesus disse: ‘Aquele que me nega diante dos homens, eu não o reconhecerei diante de meu Pai que está no Céu”. 

Os muçulmanos ficaram assustados. E, em vez de decapitá-la, roubaram todos seus bens, antes de expulsá-la de sua casa em Qaraqosh. A resistência heroica de Khiria levou outras 46 mulheres a fazerem o mesmo. A graça de Deus é mais forte do que qualquer artifício e crueldade dos islamitas.

Revista Catolicismo, Nº 767 (novembro/2014)

http://www.abim.inf.br/

Monitoramento

Locations of visitors to this page

Radio Macabeus.

II Vídeo